21 de janeiro de 2019
Conteúdos de empreendedorismo e finanças oferecidos por um software grátis de gestão de empresas.

A nota fiscal é um documento essencial em qualquer empresa, responsável por registrar as operações realizadas. Neste artigo vamos lhe explicar todas as informações que você precisa saber sobre a NF-e e suas particularidades.

O que é NF-e?

A sigla NF-e representa a Nota Fiscal Eletrônica. Por sua vez, a nota fiscal é um documento emitido e armazenado eletronicamente, onde é documentada uma operação de prestação de serviços ou circulação de mercadorias (compra e venda) entre duas partes.

A adoção da nota fiscal eletrônica nas empresas traz muitos benefícios, como o envio dos dados por email, sem necessidade de impressão e mais praticidade nas operações. Assim, fica mais simples prestar atenção aos detalhes burocráticos do dia a dia.

DANFE e XML da NF-e

Desde que a nota eletrônica foi implantada, a diferença entre o arquivo XML e o DANFE tem gerado muitas duvidas. Confira qual a diferença entre estes dois arquivos:

  • XML: é o arquivo digital que registra e valida a NF-e, ou seja, ele é a própria nota fiscal. Os dados ficam organizados em um layout padrão, que será lido a autorizado pela Secretária da Fazenda.
  • DANFE: o Documento Auxiliar da Nota Fiscal Eletrônica é uma versão simplificada e gráfica da nota fiscal. Esse documento não possui valor fiscal, mas é muito utilizado para atestar a existência da NF-e durante o transporte das mercadorias.

Tipos de notas

Outra duvida comum entre quem esta pesquisando sobre notas fiscais são as diferentes notas eletrônicas que podem ser emitidas. As principais são:

  • NF-e / Nota Fiscal Eletrônica: está vinculada com a venda de produtos, e é responsável por validar o recolhimento de impostos sobre a comercialização de mercadorias. Os dados são transmitidos para a Secretária de Fazenda Estadual (SEFAZ);
  • NFS-e / Nota Fiscal de Serviços Eletrônica: este documento valida os impostos incidentes sobre a prestação de serviços, onde os dados são validados junto a Prefeitura da cidade onde a empresa esta situada;
  • NFC-e / Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica: responsável por registrar as vendas realizadas para o consumidor final. Ela substitui os cupons impressos através do ECF (Emissor de Cupom Fiscal).

Impostos da nota fiscal

Como citamos, a nota fiscal NF-e valida o recolhimento de impostos, que são:

  • IRPJ – Imposto de Renda de Pessoa Jurídica;
  • CSLL – Contribuição Social sobre Lucro Líquido;
  • COFINS – Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social;
  • PIS – Programa de Integração Social;
  • ICMS – Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços;
  • ICMS/ST – Substituição Tributária;
  • IPI – Imposto sobre Produto Industrializado;
  • II – Imposto sobre importação (quando necessário);
  • IE – Imposto sobre exportação (quando necessário);
  • IOF – Imposto sobre operações de crédito, câmbio e seguro (quando houver).

Outras informações sobre a nota fiscal

Alem dos dados que já citamos, existem outras informações que são essenciais para a emissão de notas fiscais. Confira algumas:

  • NCM / Nomenclatura Comum do Mercosul: código numérico que identifica a natureza das mercadorias, e facilita a coleta e análise de dados sobre as transações. Cada produto adicionado na NF-e precisa possuir seu NCM informado;
  • CEST / Código Especificador da Substituição Tributária: também é um código numérico que identifica as mercadorias e bens sujeitos à Substituição Tributária. Ele também deve ser informado em cada produto da nota fiscal que estiver sujeito a este tributo;
  • CC-e / Carta de Correção: é um documento fiscal emitido a partir de uma NF-e, para modificar alguma informação que tenha sido preenchida erroneamente.
  • Certificado digital: é uma assinatura com validade jurídica, que protege às transações eletrônicas. Será utilizado para autorizar a nota fiscal e garantir a integridade dos dados.

Como emitir sua nota fiscal

Para que você possa emitir suas notas fiscais eletrônicas com facilidade e de graça, utilize o Sige Lite. Com ele emite sua NF-e facilmente a partir de suas vendas, com o cálculo dos impostos sendo realizado automaticamente, e todos os dados já sendo enviados para a Secretária da Fazenda. Depois, você baixa o XML ou imprime o DANFE de forma simples, prática e gratuita!

>> Baixar o Sige Lite GRÁTIS <<

Show Full Content
Anterior Sige Lite: sistema gratuito de gestão para pequenos negócios
Próximo Veja como tirar nota eletrônica com facilidade e grátis

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar
Fechar

Próximo conteúdo

Fechar

Mercado Livre: Como criar anúncios criativos

3 de outubro de 2018
Fechar