PREÇO DE VENDA: Saiba quanto cobrar pelo seu produto ou serviço em 4 passos

PREÇO DE VENDA: Saiba quanto cobrar pelo seu produto ou serviço em 4 passos

Uma das tarefas mais difíceis ao montar um negócio é como cobrar pelos produtos e/ou serviços, no caso, como definir o preço de venda. No momento da precificação, é necessário levar em consideração custos fixos, variáveis e a margem de lucro desejada.

Além disto, é preciso tomar cuidado para não baixar demais o preço e encontrar formas de se destacar dos seus concorrentes. Parece ser uma tarefa difícil, não é mesmo? 😱 Nem tanto. 😊

Confira os 4 passos práticos e eficientes que vão te ajudar a simplificar esta tarefa:

1. Para formar o preço do seu produto, é necessário primeiro calcular as despesas

O primeiro passo necessário para chegar ao preço final de um produto é calcular suas despesas, levando em consideração os custos diretos e indiretos de todo o processo de produção.

Para produzir um lápis, é preciso considerar o preço de todas as matérias-primas empregadas como o grafite e a madeira, por exemplo.

Se você parar para pensar 1 centavo pode parecer pouco quando pensamos em um produto, mas ao multiplicarmos por um grande número de unidades produzidas e vendidas, este R$0,01 pode representar uma grande diferença nos resultados da sua empresa.

Sendo assim, parar montar um bom preço de venda, é necessário somar todos os custos na compra de matérias-primas e produção do produto final.

2. Lembre-se também dos dados externos

É preciso também, realizar um comparativo de preços e benefícios oferecidos pela concorrência. Para assim, garantir que o valor estipulado está dentro dos padrões do mercado.

O preço de venda deverá estar próximo do praticado por seus concorrentes, fatores como conhecimento da marca, tempo de mercado, volume de vendas já conquistado e agressividade da concorrência também exercem influência direta sobre o valor do produto.

Se a sua intenção é cobrar mais pelo seu produto ou serviço, é necessário oferecer diferenciais claros! Além disto, lembre-se de fazer uma boa comunicação em cima dele para que as pessoas conheçam a sua marca e consigam enxergar mais benefícios.

3. Descubra o seu ponto de equilíbrio

O ponto de equilíbrio é o ponto em que você paga sua estrutura e começa a ter lucro. No caso dos lápis, é preciso descobrir quantos você terá que vender para pagar o custo unitário e a partir daí, começar a lucrar.

Então considere as seguintes questões:

  • Projeção de vendas: faça uma pesquisa de mercado e descubra a estimativa de vendas;
  • Custos fixos: some todas as suas despesas fixas como: aluguel, energia, salários e os custos de longo prazo, como o financiamento do terreno ou edifício;
  • Preço de venda: faça simulações com preços diferentes para chegar em um cenário realista de retorno com determinado nível de vendas e valores.

Para isto, multiplique o preço de venda (PV) que você já estipulou pela quantidade de vendas de produtos pretendida (Q). Isso será igual aos custos fixos (CF) + os custos variáveis (CV) multiplicado pela quantidade de produtos (CV.Q).

Sendo assim temos a seguinte fórmula:

PV x Q = CF + (CV x Q)

Se for vendida cada caixa de lápis por R$15,00 por exemplo:

Preço de Venda: R$15,00

Quantidade de vendas necessárias para lucrar: ?

Custo Fixo: R$20,00

Custo Variável: R$5,00

15 x Q = 20 +(5 x Q)

15Q – 5Q = 20

10Q = 20

Q = 20 ÷ 10

Q = 2

Sendo assim, a quantidade necessária de caixas que você precisa vender para começar a lucrar é 2. 🤗

4. Utilize um sistema de gestão

Através do SIGE Lite é possível definir a sua margem de lucro dos seus produtos em porcentagem % ou em reais R$. Além disto, você pode preencher diretamente o preço de venda, facilitando assim o ajuste ou alteração dos preços dos seus produtos de forma rápida e prática.

Ainda não conhece o SIGE Lite? O SIGE Lite é um ERP Grátis que além do PDV, possui integração com o Mercado Livre, emite de notas e cupons fiscais de forma ilimitada e gratuita, é multiplataforma, funciona online e offline e vai ajudar você a faturar cada vez mais na sua empresa. Aproveite e baixe agora. É GRATUITO! 🤑

>> Baixar o SIGE Lite AGORA! <<

Artigos Relacionados