25 de março de 2019
Conteúdos de empreendedorismo e finanças oferecidos por um software grátis de gestão de empresas.

Como agregar valor às suas vendas

Sabemos que está cada vez mais difícil se destacar dos concorrentes e aumentar a taxa de conversão. Nesse artigo vamos te ajudar com algumas dicas que podem melhorar as suas vendas.

Muitas vezes o seu concorrente vende exatamente os mesmos produtos que você, tornando essa tarefa mais difícil ainda.

Visualizando desta forma, agregar valor ao seu produto ou serviço se torna essencial para criar um diferencial competitivo. Um benefício a mais para o consumidor e que, consequentemente, aumenta suas vendas.

Em que o meu produto é útil?

Antes de saber como agregar valor, é necessário saber para quem você vai vender.

Conheça o consumidor, descubra suas dores e encontre formas de atender as necessidades dele com o seu produto.

Seja através de vendas online ou presenciais. É necessário buscar novas formas de agregar valor aos seus produtos e diferenciá-los dos produtos que o seu concorrente oferece.

Portanto, não há melhor forma de fazer isso do que moldar o seu produto especialmente para quem está comprando.

Mas não se preocupe, não é necessário vender produtos personalizados, nem nada deste tipo! O que você precisa fazer é conhecer muito bem o seu produto. Assim, poderá destacar os benefícios que ele trará aos seus possíveis clientes.

Lembre-se que quando falamos em “agregar valor”, não nos referimos ao valor monetário. Mas sim, fazer com que seus clientes se conectem emocionalmente ao seu produto. Ou seja, vejam “o valor que o produto tem para ele”, e em quê o seu produto irá melhorar na vida deles.

Preste um atendimento de qualidade

Todos gostamos de ser bem tratados então não tem sentido isso ser diferente no mundo dos negócios.

Lembre-se que todas as pessoas que tiverem contato com o seu cliente estarão representando a sua empresa sendo assim, é necessário treinar a sua equipe para prestar o melhor atendimento possível a todos os seus clientes.

Pois é no momento em que a comunicação “Cliente vs Empresa” acontece, que você deverá coletar as informações sobre as necessidades do seu cliente para somente então poder vender o seu peixe.

Ofereça benefícios e não características

Antes mesmo de decidir que iremos comprar um produto, estamos preocupados com a solução de um problema ou a realização de um desejo.

Sendo assim, buscamos sempre o que aquele produto vai nos oferecer e não o que ele faz. Quer um exemplo?

A Apple não anuncia as especificações técnicas da câmera de seus telefones. A empresa criou uma campanha “Shot on iPhone” (fotografado com um iPhone), que divulga lindas fotos que usuários fizeram com o aparelho.

Veja que nesta divulgação, não se trata de quantos megapixels a câmera tem, mas sim do quê ela proporciona ao usuário: “tirar belíssimas imagens”. Este é o valor agregado da câmera do iPhone. Note que há um fator emocional ligado.

Lembre-se que uma venda raramente se baseia em aspectos lógicos e que é necessário procurar as necessidades emocionais escondidas que o seu cliente deseja satisfazer. E então basta vender pensando nesta necessidade emocional.

Utilize a tecnologia ao seu favor

Que todos gostam de ser bem tratados e possuem necessidades emocionais escondidas a gente já descobriu. Agora que você já está realizando o seu planejamento e está focando nestes dois fatores, é necessário buscar formas de agilizar o atendimento ao seu cliente.

Porque ninguém se contenta com filas enormes e ter que ficar esperando a sua vez, não é mesmo?

Então nada melhor que usar o nosso PDV que funciona online e offline e não vai te deixar na mão por causa de falhas da sua conexão com a internet.

Ainda não conhece o SIGE Lite? Então baixe agora, é gratuito!

Show Full Content
Anterior CONTAS A RECEBER: PLANILHA GRATUITA DE CONTROLE PARA DOWNLOAD
Próximo Novidades da versão 1.3.0 do SIGE Lite
Voltar
Fechar

Próximo conteúdo

Fechar

Sige Lite: sistema gratuito de gestão para pequenos negócios

18 de maio de 2018
Fechar