Vitrine de Loja: 7 dicas para criar uma vitrine atrativa em sua loja

Vitrine de Loja: 7 dicas para criar uma vitrine atrativa em sua loja

Se a vitrine da sua loja for bem pensada e planejada, as chances de atrair novos consumidores aumenta. Além disto, se a vitrine de loja for bem trabalhada, pode ser muito mais efetiva que cartazes de promoções, por exemplo. Porém, pode ocorrer o inverso caso você não invista no necessário para montá-la de forma correta.

Pensando em facilitar este processo, separamos 7 dicas para te ajudar a criar uma vitrine atrativa em sua loja.

Confira mais detalhes abaixo!

1. Defina o público-alvo que deseja atingir com sua vitrine

É fundamental conhecer bem os gostos e preferências da sua persona para definir o tema e composição da vitrine. Lembre-se que o consumidor estará mais interessado naquilo que vai de encontro aos seus interesses pessoais.

Sendo assim, é importante mostrar pra ele que o conceito da sua loja faz parte do mundo dele, ou seja, é importante fazer com que a sua vitrine seja a extensão do ambiente em que o seu cliente está habituado.

2. Defina um tema ou objetivo

A primeira questão que você deverá responder é: Qual o objetivo da sua vitrine?

  • Promover novos produtos?
  • Liquidar seu estoque?
  • Sazonalidade?
  • Mudança de estação?

É fundamental que você defina o objetivo exato que deseja alcançar com sua vitrine para assim, focar exclusivamente em formas de atingi-lo.

3. Procure inspiração

Nessa tarefa a internet será a sua melhor aliada, pode usar sem moderação! Existem sites como o Pinterest, que poderão facilitar ainda mais esta tarefa. Pois, possuem fotos variadas que poderão servir de inspiração para montar a sua própria vitrine.

Mas lembre-se de tirar suas ideias do papel, pegue objetos similares aos que viu nas fotos e tente replicá-las, deixando sempre com a identidade da sua loja. Para assim, garantir que a primeira dica seja seguida, mantendo atrativa ao seu público-alvo.

4. Tenha rotatividade

Não deixe por muito tempo os mesmos produtos na vitrine, pois isso poderá prejudicar as suas vendas. Sabe porque? Por que você não tem como saber exatamente a frequência com que as pessoas passam pela frente da sua loja e, mantendo sempre os mesmos produtos expostos, dará impressão que a sua loja não tem novidades.

É claro que a decoração como um topo pode levar mais tempo para ser trocada, mas nada disto te impede de alternar entre os produtos. A não se que isto seja proposital como por exemplo, queima de estoque.

5. Relacione os produtos entre si

Sempre que organizar a sua vitrine coloque o seu produto em destaque no centro e ao lado de um produto similar, porém com um preço mais elevado.

Pode parecer bobo, mas colocar o seu produto destaque centralizado e ao lado de um mais caro faz com que o seu cliente perceba que aquele produto centralizado possui um bom custo-benefício.

Além disto, lembre-se de sempre colocar produtos complementares próximos. Assim, além de inspirar o seu cliente ao montar kits ou looks, você mostra pra ele que você tem exatamente o que ele está buscando.

6. Preço

Lembre-se que o preço deve estar visível e, se preferir, numere as peças da vitrine e crie uma placa com a relação dos números e os respectivos valores dos produtos.

Mantendo o foco em seu público alvo, tente fazer uma composição de itens. Por exemplo, colocar sempre um produto com um preço mais acessível ao lado dos tradicionais da loja. Assim você mantém atrativa a sua vitrine e satisfaz a todos os “bolsos”.

7. Por fim, utilize a regra de três

A “regra de três” não serve apenas para fazer cálculos, ela também pode ser aplicada na decoração de vitrine, ajudando a criar um grande apelo visual.

A regra de três consiste basicamente em criar uma vitrine de loja agrupando os produtos em lotes de três. Isto significa que quando você estiver organizando uma vitrine, você terá que agrupar três deles lado a lado ao invés de expor apenas uma peça.

Vitrines organizadas desta forma chamam mais atenção por que nossos olhos estão acostumados a se mover e procurar elementos ao redor, buscando simetria no que observamos.

É possível aproveitar esta mesma regra para organizar seus itens em formato de pirâmide, onde você coloca um item no topo e todos os demais em degraus mais baixos. Este tipo de disposição irá fazer com que seu cliente foque em um ponto e vá descendo e olhando todos os produtos abaixo.

Artigos Relacionados